Twilight: Um aplicativo que todo mundo deveria instalar no celular

Há dois meses, instalei o twilight no meu celular, que é da plataforma Android. Tentei instalar no meu iPad também, mas não consegui encontrá-lo na Apple store.
Este aplicativo muda a cor da tela do celular de azul para o vermelho.
Hoje, sabe-se que a luz azul dificulta a produção de melatonina, hormônio importante da regulação do sono. Já a luz vermelha, semelhante à luz emitida pelo fogo, não gera impacto nos mecanismos de autoregulação do corpo. No começo você estranha a diferença, mas, depois que acostuma, vai sentir até um desconforto com a antiga luz azul.

Com o avanço das tecnologias e o distanciamento do homem da natureza, começaram a se popularizar doenças que antes não eram tão comuns. Os transtornos do sono é uma delas. Tal fato leva os benzodiazepínicos, remédios utilizados para dormir (Rivotril e outros tarja preta), ao topo da lista de medicamentos controlados mais vendidos no Brasil.

Quanto mais novos somos, maior é a capacidade biorregulatoria do corpo. Portanto, menos sintomas sentimos. Com o passar do tempo e da agressão continuada, as coisas tendem a piorar.

A única forma de prolongarmos a saúde é simularmos, sempre que possível, as condições ambientais que permitiram a nossa evolução nesse planeta. É comum pessoas pouco informadas acharem que isso significa voltarmos a idade da pedra, que não é verdade. O que temos que fazer é desenvolver tecnologias sustentáveis nas diversas áreas do conhecimento. O twilight é um aplicativo feito com esse conceito. Isso, para mim, é tão óbvio. Só que para a maioria de nós, mergulhados até a cabeça em tecnologias, hábitos e até crenças prejudiciais ao melhor desempenho do ser humano, a doença parece uma surpresa.

Então, seguindo esses conceitos, qualquer luz artificial não é legal. Principalmente na hora de dormir. Então, se você tem problemas para dormir, experimente dormir totalmente no escuro. Desligue os celulares, evite estimulantes. Talvez essa pequena mudança possa fazer a diferença. Mas, se isso não for suficiente, ainda tenho outras opções disponíveis.

Opções de coaching (Via skype, telefone ou presencial)
– Investigação dos padrões ambientais, emocionais e situações da vida que levaram às alterações do sono.
– Sugestão de técnicas naturais para aquisição de um sono saudável.

Opções de consulta de medicina funcional (somente presencial)
– suplementação de nutrientes que auxiliam na regulação do sono.
– Planejamento para retirada de remédios controlados para dormir.

Obs: a consulta médica isolada, baseada somente na prescrição de medicamentos, não é eficaz na resolução do problema. Exatamente por isso é alta a taxa de dependência dos benzodiazepinicos. Eu não me canso de falar que a mudança de hábitos é fundamental e às vezes, é preciso de ajuda para percebermos aquilo que não conseguimos ver.

Se você toma ou conhece alguém que tome benzodiazepinicos, sugiro que leiam e também recomendem este post