Alimentação

Alimentar-se da forma certa é indispensável para o sucesso terapêutico em qualquer tratamento.

A busca por alimentos cada vez mais naturais e frescos é o segredo para a recuperação da saúde e o planejamento de uma vida saudável e longeva.

A regra básica da alimentação é: quanto mais próximo do natural, melhor.

Viver na cidade torna a alimentação ideal bem difícil.  O alimento industrializado é de mais fácil acesso.  O objetivo deste texto é fazer você reconhecer qual das opções disponíveis no mercado é a mais saudável para o consumo.

Abaixo eu vou descrever por ordem de prioridade e complexidade o que é preciso ser feito por quem busca uma alimentação ideal.   Você não vai conseguir isso de um dia pro outro. Mas a intenção é apenas um caminho por onde seguir.

 

1- Diante de um alimento, procure imaginar todas as etapas que o produto passou até chegar à sua mão.  Alimentos mais frescos tem prazo de validade curto.

2- Veja nos ingredientes do que ele é feito. Deve-se evitar alimentos com adição de produtos químicos como por exemplo corantes, conservantes e realçadores de sabor. A dica é, evite produtos cujo ingrediente tem nomes que você não reconhece.

3- Os alimentos industrializados chamados de ultra-processados tem prazo de validade longo pois contém muitos aditivos químicos. Geralmente eles já vem pronto para o consumo.  É só abrir a embalagem e comer. Exclua esses alimentos da sua dieta.

4- Cada vez mais pequenos produtores estão surgindo, vendendo produtos mais naturais nos mercados. Se você ainda não tem tempo para preparar o seu alimento, dê preferência a esses produtos.  Eles são fáceis de reconhecer. São produtos que se você tiver a receita, provavelmente vai conseguir fazer algo muito semelhante em casa.

5- Mas o ideal mesmo é que o preparo culinário do alimento fique sob sua responsabilidade. Para quem não tem tempo, cada vez mais empresas tem se especializado na venda de comidas congeladas.  Isso pode ser uma alternativa para quem está fazendo essa transição alimentar.

6- Para fazer o seu próprio alimento, você vai comprar no supermercado alimentos de duas classes. Minimamente processados e ingredientes culinários.

7 – Os alimentos minimamente processados são as verduras, carnes congeladas, leite integral, o ovo. Ou seja, alimentos que sofreram mínimas modificações desde a sua origem até chegar à sua mão, eles tem uma perda mínima de nutrientes.

8- Os ingredientes culinários  como a farinha de trigo, o óleo e o açúcar refinado sofreram processo de industrialização e portanto, perderam nutrientes. Tente utilizar para fazer os seus alimentos ingredientes culinários sempre o mais natural possível.

9- É importante dizer que refrigerantes, suco de caixinha, barra de cereal, a grande maioria dos iogurtes e queijos e pães integrais,  adoçantes e produtos light e diet são produtos ultra-processados e portanto, devem ser evitados.

Eu vejo que a grande maioria das pessoas tem muita dificuldade em fazer sozinhas essa transição de alimentos ultra-processados para minimamente processados.  Mas não desista.  Busque um nutricionista que trabalhe com esse conceito e monte um programa personalizado que você consiga cumprir.  Caso precise de uma indicação, entre em contato comigo clicando aqui.

Se você conseguiu chegar nesse nível. Parabéns! Se ainda não, tenha esse nível como meta, pois trará grande impacto à sua saúde.  Seu corpo está recebendo muito menos toxinas e portanto terá mais tempo para regenerar os órgãos. É provável que seu peso se mantenha em níveis normais e todo o seu corpo esteja mais saudável. Pode ser até que as pessoas achem que  você esteja com uma aparência mais jovem.

 

Mas não para por ai, vamos avançar?

Dê preferência a alimentos orgânicos.  Busque na sua cidade a feira de orgânicos mais próxima de você.

Evite os grãos transgênicos. Os vegetais com agrotóxicos. Coma apenas ovos caipiras.

Infelizmente, aqui no Brasil, ainda é muito difícil saber a origem dos produtos animais. Certamente eles foram alimentados com ração transgênica e receberam antibióticos.  Com o tempo, quando o mercado for ficando exigente, será mais fácil ter o controle desses alimentos.

A essa altura do campeonato, se você faz esses questionamento, você se interessa em saber como seu corpo funciona e  as interações que os alimentos podem ter.  Verá no alimento uma fonte para a vida saudável e longevidade. Se tornará mais exigente. Comerá apenas aquilo que te faz bem e saberá reconhecer a compulsão alimentar. Quando estabilizar este nível, saberá que a base para uma vida sem adoecimento está em consumir o mínimo de alimento necessário para manter o seu corpo funcional e vai estar mais interessado em descobrir e experimentar  a nova classe de alimentos que está surgindo. Os super alimentos.

Para aqueles que já estão nesse nível, estabilizados ou não, gostaria que entrassem em contato comigo para podermos trocar conhecimento e evoluir nessa incrível arte que é se alimentar.

2 comentários sobre “Alimentação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s