Earthing: Coloque o pé diretamente na superfície da terra para se curar .

Este informe da Clínica de Longevidade é um resumo da artigo:  Earthing: Health Implications of Reconnecting the Human Body to the Earth’s Surface Electrons, publicação de 2012 do Journal of Environmental and Public Health.

Durante toda a evolução humana estivemos conectados ao planeta descalços ou utilizando calçados com solas com condutibilidade, feitas de couro, por exemplo. Hoje as solas são sintéticas, não condutoras e, em áreas urbanas, praticamente perdemos o contato direto com o solo terrestre.

Aterramento (em inglês grounding ou earthing) é a transferência de elétrons do planeta Terra, através do solo para o corpo humano.
Isso é possível pelo simples ato de andar descalço  e/ou sentar, trabalhar ou dormir conectado a sistemas condutivos de aterramento.

São tantos os benefícios dessa prática que ela passa a ser indispensável para quem deseja cultivar a saúde e curar doenças de forma sustentável. E por isso, se conectar com a Terra é a primeira prescrição da Clínica de Longevidade.

Afinal, por os pés nos chãos é gratuito. Veja os benefícios que o estudo descreve:

– Anti-inflamatório e analgésico

– Antioxidante, neutraliza radicais livre

– Melhora do sistema imunológico

– Melhora a qualidade do sono

– Melhora hipotireoidismo
– Previne osteoporose

– Melhora diabetes

– Protege contra a coagulação do sangue

– Regula relógio biológico e secreção de cortisol
– Regula o sistema nervoso autônomo.

– Melhora doenças cardiovasculares como hipertensão, arritmias e previne a coagulação do sangue.

– Efeito em doenças auto-imunes como lúpus, esclerose múltipla e artrite reumatoide.

 

Os autores recomendam 30 a 40 minutos de contato direto com o solo diariamente.

Na pratica da Clínica de Longevidade, os efeitos são maiores ao andar na areia molhada, próximo ao mar.

Percebem o quão importante que passa a ser essa prática? tem potencial de restaurar o corpo e não custa nada.  Basta agora você encontrar a sua forma de conseguir encaixar essa prática na sua rotina.

Para os mais curiosos, uma breve explicação da fisiologia por traz do aterramento:

– Representa um fator regulatório universal na Natureza que fortemente influencia bioeletricamente, bioenergéticamente, processos bioquímicos.

– A carga elétrica negativa (elétrons) que são absorvidos pelo corpo conectado à Terra neutralizam radicais livres do corpo, moléculas altamente reativas justamente pelo falo de precisarem de um eletron.

– Um parâmentro bioelétrico mensurável nos estudos é o potencial Zeta das membranas das hemácias, que, ao aumentar pelo aterramento, aumenta também a capacidade dessas membranas de se repelirem, o que justifica o efeito anticoagulante;

– Ao melhorar a carga elétrica de membranas, modifica-se o pH do meio e consequentemente a comunicação celular e reações bioquímicas. Tal fato explica por exemplo as mudanças positivas encontradas nos padrões bioquímicos da urina e sangue nos estudos que suportam os benefícios supracitados.

O estudo com todas as referências está no link abaixo:http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3265077/

 

Cadastrem-se no site, http://www.clinicadelongevidade.com.br

Lá, estou construindo um passo – à – passo de maneiras saudáveis de se viver e recuperar a saúde. Você também pode solicitar um atendimento online para auxiliar a incorporar hábitos como esse na sua rotina diária.

13641212_10153687355569327_8572443364513643635_o

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s