Para que servem as doenças?

Um dia desses li, em um dos grupos de facebook que acompanho, a publicação que abaixo compartilho aqui no blog.

Agradeço à Camila por me autorizar a compartilhar suas experiências. Ela descobriu para que servem as doenças. O seu depoimento sintetiza a realidade de muitas pessoas que sofrem com problemas de saúde e as lições que ela nos dá valem não somente para o hipotireoidismo (hipo, para os mais íntimos), mas para qualquer pessoa que procure qualidade de vida e manutenção da saúde.

Boa tarde grupo!

Há tempos venho pensando em publicar isso aqui…

Não sei quanto tempo estou aqui, acho que desde que descobri minha hipo, há 3 anos, e vim parar aqui pelo mesmo motivo que a maioria, buscar as informações que os médicos não nos passam…

Muito me entristece ainda ver o pessoal aqui com os mesmo sintomas que tive e claro que não é regra mas sei lá, algo me dizia para compartilhar com vocês o que fiz para ter a tal “vida normal” que os médicos falam… e sim é possível! E sim eu a tenho!

Pelo que eu vejo aqui, muita gente passa pelo estágio que eu passei… A negação! Ter ódio de ter essa doença… Eu não tiro a razão de ninguém por ter raiva. Eu tive! Me questionava toda hora se havia jogado um asteroide na cruz porque não merecia me sentir assim…

E o que eu percebi? Que quanto mais raiva sentia, mas ódio por ter essa doença, pior eu ficava! Inclusive meu TSH subia…

Então falo que, pelo menos por experiência própria, quanto antes aceitarmos a nossa condição, melhor. Até porque, pensem, poderia ser uma doença pior… existem tantas por aí sem cura assim como a hipo.

Não quer dizer que é fácil. Não é! Mas tentem aos poucos trabalharem os demais pontos de vista que essa situação nos proporciona… Eu mesma era bem negligente com a minha saúde. Engordei e nunca liguei… até o dia que tentei fazer minha unha do pé e não consegui pois minha barriga me sufocava!

A hipo me fez mudar totalmente a perspectiva de vida. E me deu forças para mudar, para lutar em ter uma qualidade de vida, que , ironicamente, só consegui graças à doença.

Depois que passarem a aceitar essa condição, tudo será mais fácil. Isso podem ter certeza!

Outra coisa que fiz, buscar ajuda espiritual. Não falo de religião, falo de fé. Isso também me fez entender muita coisa e aprender a respeitar as minhas limitações.

Em tereceiro falar menos sobre a hipo. Uma vez que você passa a entender tudo o que pode acontecer por conta dela, não há porque ficar tocando sempre nesse assunto (me refiro a familiares e amigos).

Em quarto, aquele clichê: Não use a hipo como desculpa, afinal quem te ama de verdade não precisa dessa desculpa, e quem não se importa muito contigo não vai acreditar…

E aí sim, pensei seriamente em mudar a minha alimentação… e mudei. Nem vale a pena falar sobre dieta porque cada corpo reage de uma forma, porém acho muito válido trabalharem a idéia de que precisamos mudar a alimentação para sempre e não fazer dieta. Dieta é apagar incêndio. Mudar a alimentação é qualidade de vida.

Depois, se, se sentirem bem, façam exercícios e façam somente aquele que lhe dá prazer em fazer. Nada mais chato do que se fazer o que não gosta. Ah seus músculos vão doer e reclamar por um mês mais ou menos… Mas depois acostuma…

E não se martirizem se não conseguirem tudo de uma vez… É sempre um dia após o outro…

Enfim, espero que esse post seja útil para alguém… não aguentava mais essa voz na minha cabeça dizendo para postar isso aqui…rs

 

Se você se interessa por essa forma de abordar o adoecimento, vai se interessar pela medicina funcional, leia a apresentação do blog para descobrir melhores formas de manter a sua saúde.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s